TÚNEL DO TEMPO ANIMES - DESENHOS,SÉRIES E FILMES RAROS E FORA DE CATÁLOGO
 

`Pague com PagSeguro


 






 
SÉRIES > Aventura > VIAGEM AO FUNDO DO MAR - 2º TEMPORADA : VOLUME - 04
VIAGEM AO FUNDO DO MAR - 2º TEMPORADA : VOLUME - 04

  R$ 52,00
R$ 40,00
ou 4 X R$ 10,76
    

Compartilhe
Compartilhe o produto

Formas de Pagamentos
Transferência Bancária
1
X
40,00
PagSeguro (Boleto ou Cartão)
1
X
40,00
2
X
20,90
3
X
14,14
4
X
10,76
Descrição do Produto

O Veterano da Marinha, Nelson, é o Comandante do Seaview, um submarino atômico, cujas missões incluem o contato com desconhecidos monstros marinhos, combate a criminosos e quaisquer ameaças a segurança dos Estados Unidos. 

Apesar de ser classificado como submarino de pesquisas (de formas de vida nos oceanos do mundo), o Seaview envolve-se constantemente em conflitos armados. Além de Nelson cabe ao Comandante Crane organizar todo o serviço do submarino.

 Crane tem um contato maior com a tripulação, principalmente com o firme primeiro oficial, Chip Morton. 

Além deles temos: Curley Jones que foi substituído pelo Chefe Sharkey; e os Marinheiros, Kowalski, Patterson, Riley, e muitos outros menos afortunados que deram a vida deles pelo Seaview. 

É indiscutível que a estrela do seriado era o Seaview, o submarino mais poderoso e avançado da terra, um testemunho para o gênio de seu criador, Harriman Nelson. 

O Seaview assumiu uma variedade de missões, e por conseguinte levou muitos passageiros: espiões, políticos, líderes mundiais, homens militares, náufragos, estrangeiros, monstros e cientistas. 

Viagem ao Fundo do Mar foi o primeiro seriado criado e produzido por Irwin Allen, como uma seqüência de um filme de 1961 dirigido pelo próprio, e acabou se tornando mais uma das séries criadas por Allen que seria clássica nos anos 60. 

O seriado continha uma cena muito famosa: enquanto o submarino sacudia, com os atores sendo lançados de lá para cá os lápis sobre a mesa permaneciam imóveis.

 Outra curiosidade é que nas cenas em que o submarino era atacado, alguém da equipe técnica ficava segurando um balde e um martelo. 

Toda vez que ele batia o balde com o martelo, todos os atores inclinavam-se para a esquerda enquanto a câmara se inclinava para a direita. 

O primeiro episódio da Viagem ao Fundo do Mar foi ao ar pela rede americana ABC no dia 14 de setembro de 1964, e a primeira temporada - a produzida em preto e branco - é considerada a melhor pela crítica. 

A construção do Seaview foi bastante complicada. Em primeiro lugar, os técnicos em efeitos especiais não tinham a menor idéia de como era um submarino por dentro. Para resolver o problema eles recorreram à Marinha americana, que prontamente se negou a qualquer ajuda. 

Os Estados Unidos estavam em plena guerra fria e não seria de bom tom distribuir as plantas dos submarinos americanos (bem...na verdade os técnicos queriam apenas uma "idéia", mas nem isso conseguiram das forças navais). 

O jeito então foi a equipe se enfurnar em bibliotecas e museus para pesquisar os submarinos usados durante a Segunda Guerra Mundial. 

O que acabou salvando a pátria foram as anotações conseguidas pela produção sobre a parte interna de um submarino alemão capturado durante a guerra. 

Só depois de tudo pronto foi que oficiais da Marinha americana deram o ar da graça e visitaram os cenários do Seaview para dar pitaco sobre o que poderia estar certo ou errado. 

O submarino da série era uma espécie de nave Enterprise da série Jornada nas Estrelas: linhas futuristas tanto externa como internamente, um certo conforto como salas enormes e corredores espaçosos - tudo bem diferente do ambiente claustrofóbico dos submarinos que nós estamos acostumados a ver nos filmes. 

Foi criado também o subvoador, um veículo em forma de arraia que saía debaixo do SeaView, se deslocando rapidamente e com capacidade de voar, acrescentando assim mais um toque futurista. 

Um dos problemas do show, que acabou se tornando freqüente, é que apesar de invariavelmente um monstrengo dar as caras e atacar o Seaview, havia sempre um pateta da tripulação achando que "essas coisas de outros planetas não existem" e demorando a tomar as providências cabíveis. Isso tudo apesar do mesmo pateta ter enfrentado um alienígena no episódio anterior. 

A falta de continuidade no perfil dos personagens se tornou o calcanhar de Aquiles da série, o que acabou levando-a ao final no dia 15 de setembro de 1968, com um total de 110 episódios produzidos. 

Estes desencontros nos roteiros coincidiram com a exigência da ABC em cortar verbas de todas as produções, levando o seriado de Irwin Allen literalmente para o fundo do mar. 

Foi preciso dispensar bons roteiristas e contratar free-lancers por preços módicos e idéias não muito brilhantes. 

2º TEMPORADA - VOLUME : 04 - EPISÓDIOS 19-26 : DUBLADOS

 


DESENHOS  | DOCUMENTÁRIOS  | FILMES  | JOGOS DE TABULEIRO  | NOVELAS  | PROGRAMAS DE TV ANTIGOS  | SÉRIES  | SERVIÇOS  | TOKUSATSU  | 
TÚNEL DO TEMPO ANIMES - DESENHOS,SÉRIES E FILMES RAROS E FORA DE CATÁLOGO
11-58526361 / 11-980320961


`Pague com PagSeguro
Desenvolvido por Lojas Virtuais BR